Seja bem-vindo. Hoje é

Páginas

quarta-feira, 13 de julho de 2016

Efeito Colateral



Em meio a um ano turbulento e de indefinições, já se acumulam mágoas, tristezas, decepções e até quem sabe planos de vingança antes mesmo do jogo começar pra valer!.

No meio das indefinições das candidaturas de prefeito e vice-prefeito governistas, sobram mágoas dos indicados e dos liderados do indicados em relação ao prefeito José de Arimatéia Bráz. O “erro” em deixar confusa a escolha, já causam feridas profundas de todos os lados. A principal confirmação disso, foi uma reunião ontem a noite dia 12 com funcionários comissionados para apaziguar os ânimos de todos, onde já se verificava uma disputa interna.

As feridas podem não interromper o quadro sucessório, nem tão pouco afetar o quadro administrativo até dezembro, mas caso o candidato governista venha ter êxito na batalha, a partir de janeiro seja ele quem for, olhará um pouquinho no retrovisor e lá estará o constrangimento no qual foi obrigado a passar, e depois de sentar na cadeira e segurar o leme para o qual foi destinado a conduzir, talvez seja impiedoso como os que recentemente foram com seus baluartes.

As tristezas se abatem nas faces todos. No início foi entusiasmo, despesas, sola de sapato gasto nas casas dos eleitores em busca de êxito numa escolha sem critérios, sem regras e sem regulamentos. Passada a euforia inicial, veio as decepções dos pré-candidatos, dos familiares e amigos hora engajados na batalha interna pela pré-candidatura oficial governista.

Uma coisa é certa, independentemente de quem seja o candidato, o erro na condução dos trabalhos vai produzir um efeito colateral no atual gestor e ele no funfo no fundo já percebeu o ato falho e irreversível que cometeu.

 Para os que margeiam a política, pode parecer absurdo, mas para quem convive de perto e nos bastidores sabe perfeitamente que foi o mais grave erro político do prefeito até agora. O poder parece um ímã, atrai as pessoas, defensores e até puxa-sacos, mais quando se perde o poder, é como se fosse um estádio de futebol se esvaziando após o apito final de uma partida, quase todo mundo sai de cena...

Nenhum comentário: