Fla pressiona, e empresa demite funcionários de obra da Ilha

Ilha Flamengo 12
Foi de caça às bruxas o dia seguinte da divulgação de imagens das obras da Arena da Ilha pelo GloboEsporte.com. Após pressão do Flamengo, nesta quarta-feira, a empresa responsável pela parte de TI (Tecnologia da Informação) do estádio demitiu cinco de seus funcionários que trabalhavam no estádio, realizando serviços como cabeamento e instalação de equipamentos de segurança, entre outros.

Há uma semana, o presidente Eduardo Bandeira de Mello garantiu que a estreia da Arena da Ilha seria contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil. Depois, o Flamengo confirmou o jogo para o Maracanã, argumentando que não obteve os laudos de liberação a tempo, mas garantiu que o estádio estava em condições de uso. No entanto, as imagens obtidas pelo GloboEsporte.com deixaram claro que ainda havia muito a fazer, já que, por exemplo, as lâmpadas dos refletores chegaram apenas na última segunda-feira e há atraso na entrega de material.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jucurutu: Criança de três anos é sugada e morre em tanque de decantação da CAERN

São Rafael: Oposição ou Baderna?